Namorada ciumenta ser como

Acho que meu relacionamento está instável.

2020.11.10 09:14 Thecryboy Acho que meu relacionamento está instável.

Bom, há alguns dias atrás minha namorada tinha me dado block em tudo porque eu não vi a mensagem dela, certo ela é muito de entender as coisas errado achei normal, fui lá conversei com ela e quando eu conversei com ela, nós vimos que tudo aquilo era besteira e nós dois ficamos totalmente tranquilos e muito felizes mesmo estávamos normais, mas nesses dias tenho sentido que não está muito bom, começamos a brigar por besteira, e isso me desgasta e está me fazendo mal, teve até um dia que eu estava realmente pensando em terminar, mas decidi por esperar a poeira abaixar e conversar com ela amigavelmente, tipo a gente começou com essas brigas depois de eu ter falado que estava conversando com uma menina lá, e minha namorada é muito ciumenta, quando eu falei no momento exato que falei que estava sendo amigo de outra mulher tipo só amigos literalmente nada de mais, ela surtou parou de responder e eu perguntei se ela estava bem e ela respondeu que não e saiu, e depois ela disse que tinha se cortado e tal ai eu insisti pra que ela dissesse oque aconteceu realmente e ela disse lá da menina que ela só está atrapalhando tudo e tal, ficou fazendo drama e essa noite foi bem longa em, naquele momento fiquei pensando karalho posso nem mais ter amigos, e o engraçado é que eu não posso reclamar sabe se reclamar eu to sendo cuzão, tipo realmente eu não sei porque ela fica assim, eu perguntei e ela falou a é normal até os animais são assim, não entendi isso, tipo realmente eu amo ela, ela melhora meu dia mas tem atitudes que eu não gosto, ai tipo depois que estava tudo resolvido tudo beleza, eu acordo com uma mensagem dela dizendo que eu não presto, tipo ela pediu desculpas eu aceitei as desculpas dela, mas parece que com o tempo eu estou perdendo o interesse nela sabe, é que eu penso real se está me fazendo bem e aparentemente está, tirando as brigas, mas são as brigas que me quebram, eu não choro por nada mas quando eu estou brigando com ela não sei oque acontece, me da uma vontade imensa de chorar, acho que deve ser medo de perder quem amo no caso ela, sei lá eu só queria voltar como era antes, hoje a gente teve uma conversa sério e adulta sobre a nossa relação, e foi até que bem sucedida entendemos o lado um do outro por mais que ela quis voltar a algumas brigas passadas mas ok, só falei que não queria brigar e deu tudo certo, mas eu não sei tipo parece que não é só a gente se entender pra dar certo, está faltando alguma coisa e eu não sei oque é, queria muito saber e vou descobrir, tá faltando algo que eu já tive e perdi, hoje ela disse que as vezes ela fica meio coisada em relação a mim tipo sufocada? nem sei que que ela quis dizer com isso, perguntei e nem ela soube explicar e também disse que não é cansada de mim mas ok, eu quero realmente que nosso relacionamento de certo tipo antes disso eu era muito feliz com ela muito mesmo, não aguentava de tanto sorrir vendo aquele sorriso dela, mas parece que tudo tem um fim né, eu queria realmente saber oque fazer pra nunca acontecer isso, só quero ela daquele jeito dela de volta estou com saudade muita por sinal.
Obrigado por ler até aqui
submitted by Thecryboy to desabafos [link] [comments]


2020.10.30 01:34 ordep13 Sou uma pessoa ciumenta.

Eu me considero uma pessoa bastante ciumenta, porém eu não demonstro isso pra minha namorada. É muito recorrente que ataques de ciúmes ocorram em mim só que eu nunca falo nada com ela pq eu sei que não há necessidade e também porque não quero ser tóxico. Ultimamente vi que ela voltou a conversar com um cara que ela ficava ano passado e que ela tinha até um sentimento a mais por ele. O cara é realmente gente boa e bom de papo só que eu não compro a ideia dele... hoje, no nosso aniversário de 8 meses de namoro, ela postou no close friends do insta dela um print de uma conversa com ele e isso me fez morrer de ciúmes. Alguém por favor me ajuda em como abordar isso com ela pra que de alguma forma isso se torne saudável pra mim e que eu não a impeça de conversar com ele ou que não soe toxico da minha parte.
Ah, aliás antes da gente namorar eu achava q ela gostava desse cara e ela achava q eu gostava de outra menina só que eu parei de falar com ela pq eu sei que não seria algo que ela ia gostar e só causaria desgaste na relação porque eu e essa menina sempre conversamos pra flertar e o mesmo foi o com ela. Quem puder me ajudar aí da um reply ou manda msg pfvr isso tá realmente me matando
submitted by ordep13 to desabafos [link] [comments]


2020.10.10 06:03 SujeitoOculto Tenho namorada e comecei a me envolver com outra pessoa...

O título é a síntese do meu problema. Venho aqui invocar a sabedoria dos vossos redditors br.
Eu tenho 20 anos(machucado), recentemente me mudei pra outra cidade e nem tenho feito muitas coisas fora estudar pra faculdade, jogar videogame e sair esporadicamente. Resumidamente, fico em casa a maior parte do tempo.
O que ocorreu é que eu namoro há 1 ano já e quando eu me mudei, minha família começou a se envolver com a vizinhança e conheci a filha da vizinha. Até achei ela bonitinha porém é bem nova e tímida, comportamento essa que tomei sempre por mera introversão. Eu não cheguei a cogitar que ela tivesse algum interesse no início. Nunca tive muito contato com ela.
Tempo vai, tempo vem e dado momento, eu estava na varanda e elas estava aqui na frente de casa com uma amiga (minha casa é alta) e elas olharam pra mim. Fizeram uma cara q eu não sei descrever bem, mas diria que foi como uma parada analítica. Nesse momento eu vi o rosto da amiga dela e achei ela incrivelmente gata, fiquei encantado na hora.
Um tempo depois teve um churrasco aqui em casa e a mãe da vizinha estava, nisso foram chamar as filha da vizinha e arrastaram a amiga dela também. Elas ficaram meio reclusas num canto da casa(minha casa é muito grande) e eu tava assando a carne. Nisso eu aproveitei a situação pra naturalizar a abordagem, fui dar uma de anfitrião e as convidei para ficarem a vontade. Depois a gente conversou nós três e ficou nisso.
Noutra semana eu fui na vizinha, que tem um bar, e elas estavam lá. Quando cheguei elas estavam aparentemente falando de mim? Não é uma situação que estou acostumado. Nisso me chamaram pra ficar e conversar, comprei as bebidas, guardei em casa e voltei. Ficamos horas conversando esse dia e elas me contaram que estavam procurando por mim no Facebook e Instagram, fiquei meio??
Nisso eu peguei o número da amiga da vizinha, e aparentemente ela sabia que eu tenho namorada, até perguntou se não me daria problema. Na hora disse que não, que inclusive teria outras amigas,o que é verdade em partes porque minha namorada é ciumenta.
E a gente foi conversando pelo wpp, ela é dois anos mais nova, a conversa rendia e eu fui ficando meio na dúvida pois parecia que ela tinha interesse mas também estava me jogando para a amiga... Enfim, fui contextualizando e combinei com ela de sair algum dia ela topou na hora. A gente ainda não saiu mas é claro pra mim que eu tenho uma quedinha, acho ela incrivelmente linda, até os trejeitos dela me chamam atenção. Mas aí que tá, eu tenho namorada 🤦 e eu nem sei se pode acabar dando uma treta entre ela e a amiga se acontecer alguma coisa entre a gente. Eu sinto em mim uma força muito forte pra ir atrás dela, mas ao mesmo tempo sei do compromisso. Claro que pode ser nada também, talvez ela só esteja sendo amigável, não sei...
Eu não sei o que fazer, gostaria de conselhos.
submitted by SujeitoOculto to desabafos [link] [comments]


2020.05.07 14:58 Rams_Tae Meu namorado ta sendo estranho cmg e nn sei se devo terminar

A gente namora já faz um ano, e agora com a quarentena pra gente ficar menos distanciado ficamos jogando videogame juntos online. Por alguns motivos como o fato que entrei em um time profissional no jogo, parei jogar um pouco com ele (ele não é do time). Nesse meio tempo ele começou a vir até mim e dizer que estava fazendo novas amizades e estava feliz, e claro que fiquei feliz por ele, nao sou ciumenta e ja deixei claro pra ele que ele é livre pra fazer oq quiser (menos traição). O problema é que nessa última semana ele aleatoriamente começou a me falar MUITO de outras garotas e eu não entendo se ele ta fazendo isso porque não sou muito presente agora que deixei de jogar um pouco com ele ou se eu fiz algo e ele ta triste, sei lá. Por exemplo ele do nada chegou em mim e disse "Amor eu e a (garota) tava jogando e veio 2 pessoas perguntar se eu e ela namorávamos" eu não quero ser a namorada ciumenta e chata, quero q ele tenha suas amizades mas não entendo porque ele me diz isso! Oque eu faço mano?
submitted by Rams_Tae to desabafos [link] [comments]


2019.08.30 19:43 Banana157157 Eu fiz algo errado?

Isso é uma mistura de desabafo e pergunta.
No início do ano passado eu namorei uma mestranda em Letras.
Nosso relacionamento durou bem pouco por que eu não sinto a muita atração por ela.
Apesar do término, como eu sempre tive dificuldade com produção textual, mantive contato com ela apenas para contratar aulas semanais de redação argumentativa.
Por volta de fevereiro desse ano comecei a namorar um outra menina. Essa, sim, eu gosto bastante, apesar dela ser bem ciumenta.
Ontem ela entrou no meu Facebook e descobriu que a minha professora de redação já foi minha namorada e terminou comigo.
Acho que eu errei em não ter dito desde o começo que minha professora já tinha namorado comigo. Perdi alguém que eu gostava por uma bobagem.
submitted by Banana157157 to brasil [link] [comments]


2019.06.01 15:55 Cine81 Minha ex-namorada teve depressão e todos me culpam por isso

Ontem tive um dia difícil. Minha ex-namorada vai mudar-se para Toronto e lançou uma festa de despedida na igreja evangélica dela. Mas a situação é mais complexa do que um ex-namorado que vai sentir saudades.

Durante o nosso namoro, ela sofreu com depressão profunda. Eu tive medo de que ela fosse fazer alguma besteira consigo mesma, em alguns momentos ela desejou morrer durante as crises de depressão. Essa situação piorou quando ela começou a ter crises de pânico e a sentir o que ela chama de uma opressão espiritual, ela literalmente ouvia vozes, e essas vozes instigavam ela a fazer coisas ruins ou se sentir pior. E além disso começou a ter crises de pânico severas. E a família não sabia direito o que estava acontecendo, quem sabia era eu.

E eu fui quem lidei com todas essas questões. Ela depressiva se tornou excessivamente ciumenta, cobradora e pesava muito a barra pra mim. Então, eu fiquei naturalmente sobrecarregado e confesso que algumas vezes me estressei e não soube lidar da melhor maneira com a situação. Mas sempre que eu tive capacidade eu a reconfortei, tirei ela de inúmeras crises de pânico. Levei ela diversas vezes ao hospital.

Mais do que isso, eu sou umbandista, preconceitos a parte, na minha religião não praticamos o mal, é uma religião que prega o amor e a bondade. Em dado momento ela se interessou a ir na Umbanda comigo e passamos a ir juntos - a questão da religião antes era um problema, pois nos dias em que eu ia para a "gira", ela ficava chateada comigo por não estar dando o "suporte" necessário. Mas quando ela passou a ir comigo, foi melhor para a gente como casal, mas também porquê lá dentro eles tiravam muitos pesos que ela carregava. Lá dentro ela foi tranquilizada e limpada de cargas muitas vezes. As "vozes" paravam, as crises paravam, mas pouco tempo depois ela voltava a ter que lidar com esse problema.

Resumindo: Vivemos tempos difíceis, e ela melhorava e piorava drasticamente.

Parte da família dela que descobriu que ela estava na Umbanda (São evangélicos) ficaram furiosos, a julgaram, e óbvio, me julgaram por tabela. Mas nosso namoro estava insustentável e acabou (resumindo a história) e ela voltou para a igreja evangélica onde foi ajudada pelo pastor e dessa vez a depressão se dissipou.

Ah claro, não ignoro a parte de que ela estava frequentando psicólogos, tomando remédios, o que ajudou em parte, nada disso foi deixado de lado, estou apenas resumindo. Mas o que fez ela voltar a ficar bem foi um encontro com o pastor da antiga igreja dela, e ela conta que teve uma experiência religiosa muito forte que a fez ficar bem. Mas mais do que isso, ela adquiriu um novo propósito, e decidiu mudar-se para Toronto - haviam várias razões que causaram a depressão dela, uma delas era a sensação da falta de propósito aqui no Brasil. De desesperança. E nisso eu nunca poderia ajudá-la. Acreditem, eu tentei.

Contexto dado.

Enfim, foi marcada uma despedida para ontem a noite. Na igreja dela. Ela é uma pessoa de bom coração e agradeceu a todos que estiveram na vida dela, inclusive a mim - conseguimos acabar o namoro e nos mantermos amigos, apesar de inicialmente essa amizade ter sido difícil. - Mas a família dela me vê como o vilão da história.

A família dela me vê como o cara que causou a depressão dela. Afinal eu estava com ela quando ela estava doente.
A família dela me vê como o cara que levou ela pra Umbanda. Mas isso foi uma escolha totalmente dela, eu até fiquei surpreso quando ela entrou.
E a família dela está dando graças a Deus porquê ela finalmente "saiu do pecado" e se livrou de mim, o algoz.

Foi uma situação péssima. Fui no culto de despedida, e várias pessoas que cumprimentei não olhavam na minha cara. Mas fiz questão de apertar as mãos dessas pessoas e olhar nos olhos delas para elas verem que eu estava ali, convidado pela minha ex. Peguei a mãe dela olhando de lado pra mim e fui diretamente falar com ela, ela também me cumprimentou de forma esquisita. A irmã, o pai. Os amigos. Todos com uma péssima impressão de mim. Enfim, eu fiquei como o cara que causou todo o mal na vida da Juliana, pois por coincidência a depressão dela se alastrou no período do nosso namoro.
E me senti extremamente mal ontem. Sai de lá tão carregado. Eu estou tentando me colocar acima disso, mas é impressionante como o olhar torto e os julgamentos das histórias me afetam. Essas pessoas nunca me deram a chance de me defender, nunca me perguntaram o que estava acontecendo, só tiraram suas conclusões a partir do que viram de fora, e eu virei o pária, o pior namorado que passou pela mão da dela. Sendo que na verdade eu fui o cara que cuidou dela nos piores momentos possíveis! Já perdi a conta do tanto de vezes que a socorri, que a levei no hospital, que a carreguei pra cama, ou a confortei, já perdi a conta das vezes que a abracei. Mas no final do namoro eu estava ausente, porquê eu estava cansado demais, estava fraco e estava começando eu mesmo a ficar doente. Eu devo ter errado inúmeras vezes, mas enfim, eu sou humano. Só queria desabafar aqui pois não quero me dar ao trabalho de conversar com aquelas pessoas, considero-os hipócritas mesquinhos e eles que fiquem com a história que eles criaram, eu tenho minha verdade. Não quero mais me importar com tudo isso, mas confesso que me machuca ter saído como o monstro dessa história que vivenciei de forma tão intensa.
Adendo:
Hoje ela está indo embora para o Canadá. E apesar dela sentir que no fim do namoro eu mesmo não estava sendo capaz de ser tão presente (porquê eu estava exausto e esgotado), ela (minha ex) me vê com bons olhos e a gente ainda se fala e entendemos que temos um carinho especial um pelo outro. Mas que não seguiremos juntos apesar de tudo.
submitted by Cine81 to desabafos [link] [comments]


2018.08.30 15:01 perna--longa Não sei lidar com as amizades da minha namorada

Vou ser o mais breve possível. Estou num namoro recente (2 meses) e nunca havia namorado sério antes. Minha namorada é muito simpática e todo mundo gosta de trocar ideia com ela, nisso ela tem muitos amigos homens. A questão é que, 99% desses caras querem pegar ela e a maioria não respeita o nosso namoro, mesmo sabendo que ela namora eles dão em cima dela, ela corta e eles continuam. Um desses amigos é um ex namorado dela que ela ficou durante 2 anos, esse cara por exemplo, era totalmente abusivo e foi muito ruim com ela (a ponto de não ligar para a depressão dela e se ela ia tirar a própria vida) e hoje ele quer pegar ela, ela sabe disso mas continua amiga dele. Ela me disse que ela é assim, boa com quem as vezes não merece e não consegue guardar rancor.
Eu não ligo dela ter muitos amigos do sexo oposto, mas quero que respeitem. A questão é que quando entramos nesse assunto ela defende eles e na minha cabeça isso é muito estranho, soa como "é normal pra minha namorada manter contato com quem tem segundas intenções com ela". Sempre que conversamos sobre isso eu pergunto pra ela de como ela se sentiria se fosse o contrário, se eu defendesse e puxasse assunto com outras minas que querem me pegar, ela diz que não vale, pois somos diferentes e ela é muito mais ciumenta.
O foda é que, isso me incomoda. Me incomoda que ela esteja rodeada desses caras e que seja importante pra ela conversar com eles, não por medo de perder a minha namorada, até porque eu confio nela e sei que se isso acontecesse é porque ela que não agiria certo e não queria mais o nosso relacionamento, mas a situação não deixa de ser chata.
No momento eu optei por tentar lidar com isso, e continuar dando o meu melhor na relação, mas isso tem me afetado e acredito que sempre vai afetar. Como nunca passei por situação parecida com essa, queria ouvir a opinião de vocês, tenho receio de estar sendo um cuzão.

submitted by perna--longa to desabafos [link] [comments]


2018.03.02 22:33 NinaS11 Estou muito p! da vida!

6 anos atras, eu tinha um amigo na minha vida que era tipo uma das melhores pessoas que já conheci! Num dado momento ele terminou com a namorada dele, e logo depois tivemos uma amizade colorida, quando ele quis voltar para a ex, terminamos "o rolo" e falamos de manter apenas a amizade. Que era tão boa que não valia a pena terminar! Sério, nos davamos muito bem!! Bem, foi então que ele decidiu me cortar da vida dele totalmente, alegando que ele queria fazer dar certo com a namorada, que ela tinha ciumes de mim e que não daria certo se a gente continuasse amigo. Fiquei bem triste na época ... de doer o coração por varios meses... mas passou... aceitei a decisão dele. Pois bem, semana passada encontro esse antigo amigo sendo sugerido para mim numa rede social, resolvo adiciona-lo... afinal pensei, já fazem, 6 fucking anos!! Pronto... Bateu aquela saudade da P**** de sentar na sarjeta de um bar qqr e conversar com ele horas e horas!! Como faziamos antes! Filosofar da vida e comer uma porcaria. Ele aceitou o convite e me adicionou tbm! Fiquei feliz! Mandei oi, sugerida gente se encontrar e botar o papo em dia e tal...vi que ele estava noivo de uma mulher (que não era a tal ex ) , parabenizei ele por isso e tudo mais. Daí ele me manda uma mensagem me pedindo desculpas por ter se afastado no passado e que sabia q tinha errado comigo e tal. E logo depois diz que tem medo da gente se encontrar, que ele tá tentando ser um bom noivo, que a noiva dele é muito ciumenta e não via um cenário em que a gente pudesse retomar o contato sem magoa-la! Fiquei p da vida!! Falei umas merdas pra ele e acabou num climão. Ele, nem respondeu.... Desculpem o desabafo gigante, mas esse acontecimento de deixou muito mal... triste, sei lá... nem eu entendo direito o pq. Queria retomar essa amizade, sinto uma falta enorme dele! Mas que adianta? Se parece que apesar dele dizer que tbm queria retomar a amizade, não pode pq vai magoar a noiva... Enfim.. isso me deixou mal... agora é só esperar o tempo fazer o trabalho de novo... :/
submitted by NinaS11 to desabafos [link] [comments]